Testemunhos

O Governo de Cabo Verde vê o Investment Climate Facility for Africa (ICF) como um parceiro perfeito, tendo em conta a sua concepção específica, objectividade e natureza enquanto parceria público-privada entre o governo e o sector privado, que procura ajudar a África a criar um ambiente empresarial mais atractivo.

Cabo Verde beneficiou da rápida implementação do projecto do ICF, de um procedimento de desembolso administrativo menos pesado e de uma disponibilização de apoio técnico para assegurar o cumprimento dos prazos do projecto. Podemos por isso confirmar que todos precisamos de um parceiro assim para a sustentabilidade do nosso desenvolvimento.

Apoiamos a iniciativa do ICF e recomendamos que continue a fornecer recursos para transformar África.

Cristina Duarte - Ministra das Finanças, República de Cabo Verde

 


A Autoridade Tributária do Ruanda reconhece substancialmente a importância da sua cooperação com o Investment Climate Facility for Africa (ICF).

O apoio do ICF ajudou a Autoridade Tributária do Ruanda a modernizar o seu sistema fiscal para dar resposta às preocupações do sector privado em relação aos processos de apresentação de declarações de rendimentos e pagamentos. Agora, é possível fazer a apresentação segura das declarações de rendimentos online a partir de qualquer lugar, tornando o processo mais fácil e prático para o contribuinte.

Deixem-me aproveitar esta oportunidade para agradecer à gestão do ICF pelo seu valioso apoio no sentido de melhorar e facilitar o comércio no Ruanda. Aguardamos ansiosamente o apoio futuro para continuarmos a melhorar os nossos processos.

Richard Tusabe - Comissário Geral, Autoridade Tributária do Ruanda, República do Ruanda

 


O Ministro dos Recursos Naturais do Ruanda valoriza e recomenda a contribuição do ICF para o notável progresso registado ao abrigo do programa de reforma agrária do nosso país e para a melhoria do clima de investimento. Esta parceria cresceu significativamente ao longo dos últimos 7 anos e o Ruanda tem muito gosto em continuar a trabalhar com o ICF para ajudar a alcançar os seus objectivos, em especial na área da administração territorial.

Vincent Biruta - Ministro dos Recursos Naturais, República do Ruanda

 


A contribuição do ICF estende-se para além do financiamento do projecto [Projecto de Reforço da Capacidade da Bolsa de Valores da Tunísia]. Antes do ICF, tínhamos uma visão e dispúnhamos de algum financiamento. O ICF ajudou-nos a transformar esta visão numa realidade num prazo de tempo muito curto, o que teria sido impossível se trabalhássemos sozinhos. A concepção do ICF e a sagacidade ao nível da implementação que nos foi ensinada durante este projecto contribuíram grandemente para este sucesso. Estamos muito gratos.

Adel Grar - Membro do Conselho de Administração da Bolsa de Valores da Tunísia; Presidente da Associação de Correctores de Bolsa da Tunísia; e Presidente da Escola para a Bolsa de Valores da Tunísia

 


O Governo da República da Zâmbia está agradecido ao Investment Climate Facility for Africa (ICF) por ser nosso parceiro, através da Autoridade Tributária da Zâmbia, prestando assistência ao processo de modernização da instituição. Em particular, o vosso apoio foi essencial na implementação da ferramenta “TaxOnline” e também para financiar a maioria das actividades relacionadas com a gestão da mudança, a formação e a comunicação. Os programas de modernização da Autoridade Tributária da Zâmbia são fundamentais para reforçar as cobranças de receita através da melhoria das eficiências.

Uma vez mais, em nome do Governo da República da Zâmbia, quero expressar sinceramente a minha profunda gratidão ao ICF pela assistência prestada à Autoridade Tributária da Zâmbia no seu processo de modernização.

Pamela C. Kabamba - Secretária Permanente, Ministério das Finanças, República da Zâmbia

 


A visão da Autoridade Tributária da Zâmbia passa por ser uma organização com serviços de nível mundial, reconhecida como um exemplo de excelência, eficácia, profissionalismo e eficiência.

A introdução do sistema TaxOnline, co-financiado pelo Governo da República da Zâmbia e pelo ICF é um grande passo para alcançar essa visão.

Berlin Msiska - Comissário Geral, Autoridade Tributária da Zâmbia, República da Zâmbia

 


Reconhecemos a necessidade de um parceiro experiente que pudesse simplificar processos complexos, lidar com desafios à medida que os mesmos surgissem e prestar apoio contínuo a uma equipa interna que implementaria os novos procedimentos. Também precisávamos de um parceiro que pudesse proporcionar financiamento rápido para dar resposta às nossas necessidades específicas. No ICF encontrámos tudo isto e muito mais.

O tempo era um factor fundamental, por isso o projecto foi implementado em Dezembro de 2008, apenas três meses depois de abordarmos o ICF. O projecto foi concluído com sucesso apenas 17 meses mais tarde, em Maio de 2010.

Comentários de Traore Kassoum: “Recomendo que todas as instituições em África explorem como é que os seus serviços e processos podem ser reforçados solicitando o apoio do ICF. O sector privado, que é o motor do crescimento económico do nosso continente, apenas se poderá expandir se o clima de investimento de um país for melhorado e caso os proprietários de empresas sejam informados acerca das melhorias realizadas e estejam dispostos a tirar partido das mesmas.

Traore Kassoum, Director, Balcão Único do Registo de Propriedades de Ouagadougou, no Burkina Faso.

 


A minha experiência mais aprofundada com o ICF ocorreu durante o desenvolvimento do projecto, em que se estabeleceu uma boa relação de trabalho com o responsável pelo desenvolvimento do projecto. Por vezes, demo-nos conta de que ele estava a trabalhar mais para desenvolver o projecto do que nós próprios. É muito raro ver um parceiro de desenvolvimento ter mais paixão pelo nosso próprio projecto do que nós temos por vezes. O ICF exigiu de nós e desafiou-nos.

Louise Kanyonga, Chefe do Registo do Ruanda

 

O projecto gerou reduções incríveis no tempo e nos custos do desalfandegamento em Monróvia, com benefícios significativos para as empresas. Ao longo dos próximos anos, esperamos implementar as melhorias em todos os 17 centros aduaneiros da Libéria. Queremos trabalhar novamente com o ICF no futuro. O ICF é mais eficaz do que outros doadores porque se centra em áreas específicas. Sugiro que outras instituições identifiquem exactamente aquilo que pretendem alcançar ao nível dos seus climas de investimento – registo comercial, controlo aduaneiro, etc. Depois, devem analisar o que é que outros países estão a fazer e solicitar financiamento junto do ICF. A solicitação deve ter origem no país - depois o ICF irá ajudar na implementação.

Decontee King-Sackie, Comissária das Alfândegas na Libéria.

 

Pessoalmente, tive a oportunidade de trabalhar com o ICF em várias ocasiões. A primeira vez foi quando assumi as funções de Presidente do Tribunal Superior de Comércio no Ruanda, no momento em que o Ruanda estava a lançar os seus novos tribunais comerciais como parte do Projecto de Clima de Investimento no Ruanda (Rwanda Investment Climate Project, RICP). Depois de regressar do Ruanda, fui convidado pelo sistema judicial das Maurícias a prestar assistência ao projecto actual financiado pelo ICF, na qualidade de Director do Projecto, e participei na Cimeira do ICF realizada na Tanzânia em Maio de 2010.

Fiquei impressionado com a abordagem do ICF a todos os níveis. A ajuda do ICF não passa por impor uma solução pré-definida aos beneficiários, tem a ver com promover as próprias metas do país, levando em conta o contexto e as especificidades locais. O ICF leva as coisas a sério, no sentido que insiste em que estas sejam bem feitas através de uma monitorização rigorosa, o que implica o cumprimento de um calendário de implementação do projecto pré-definido, relatórios regulares, a exigência que o beneficiário explique falhas e atrasos e assim por diante, o que é efectivamente importante quando se presta ajuda financeira para uma finalidade específica.

Benjamin Marie Joseph, Juiz do Supremo Tribunal das Maurícias

Partilhar esta página
Recursos
Navegue pela nossa biblioteca de recursos, os quais estão à sua disposição para transferir e visualizar.
Mapa de actividades
Utilize o nosso mapa interactivo para seguir todos os nossos projectos e actividades no continente africano.
Candidaturas a projectos
Veja e transfira os nossos formulários de candidatura a projectos, bem como as nossas directrizes de adjudicação.